Dr. Fábio Frazão Dario


Atualmente é médico do corpo clínico do Hospital São Luiz - Itaim (SP) e assistente no LITHOCENTER - Centro de Tratamento de Cálculos Renais (SP). Fellowship em Cirurgia Robótica no Policlínico Ospedale de Abano Terme, Padova - Itália, sob supervisão do Dr. Angelo Porreca. Certificado como "Console Surgeon" para cirurgias robóticas com o robô DaVinci Si pela Intuitive e "Fundacion INSIMED".
» Médico Urologista com atuação Clínica e Cirúrgica
» Título de Especialista pelo Ministério da Educação e Sociedade Brasileira de Urologia
» Pós-graduação em Cirurgia Urológica Minimamente Invasiva pelo Hospital Sírio-Libanês (2015)
» Residência médica em Urologia pelo Hospital Nossa Senhora de Lourdes ( Lithocenter ) em São Paulo (2013)


Leia mais

Alguns Tratamentos

1Vasectomia
A vasectomia, ou cirurgia de esterilização masculina, consiste na obstrução cirúrgica dos canais deferentes ( responsáveis pelo transporte de espermatozóides até os ductos ejaculadores) e é indicada para homens que já possuem prole constituída e não desejam ter mais filhos.

Procedimento cirúrgico simples e de rápida recuperação, realizado sem necessidade de hospitalização, com o paciente recebendo alta após aproximadamente 30 min do procedimento cirúrgico e em uso de analgésicos e antibiótico. Em poucos dias já se encontra apto para a realização das atividades rotineiras e não há necessidade de retirada de pontos cirúrgicos.
Sua indicação no planejamento familiar se baseia no fato de ser um procedimento mais simples e menos invasivo que a Laqueadura Feminina( Obstrução cirúrgica das trompas ovarianas ) e evitar a necessidade de uso contínuo de anticoncepcionais orais, injetáveis, adesivos ou uso de D.I.U. ( Dispositivo Intra uterino ).

A eficácia da vasectomia é muito elevada, porém o método não é infalível porque raramente pode ocorrer a fusão espontânea de de algum ducto deferente, apesar da técnica cirúrgica correta. Este acontecimento é conhecido como recanalização espontânea e pode ocorrer em menos de 1% dos casos.

No Brasil, para se fazer a vasectomia é necessário ter no mínimo 25 anos ou ter pelo menos 2 filhos vivos.

Algumas pessoas tem medo de não ejacular após a vasectomia. Sabe-se que menos de 3% do volume do ejaculado é composto pelos espermatozóides; então o volume que uma pessoa ejacula após a vasectomia é praticamente o mesmo que ejaculava antes.

Após a cirurgia, os espermatozóides que são produzidos pelos testículos acabam ficando retidos no epidídimo, pequeno orgão adjacente ao testículo. Estes espermatozóides acabam sendo reabsorvidos pelo organismo.

Nos primeiros dias após a cirurgia, é comum apresentar um desconforto leve nos testículos. Isso é facilmente controlável com analgésicos, suspensório escrotal e gelo local. Solicitamos repouso das atividades sexuais nos primeiros 7 dias.

Depois da vasectomia realizada, faremos uma análise do sêmem após aproximadamente 25-30 ejaculações, sendo que durante este período o casal permanecerá evitando gravidez com algum outro método.

Antes de decidir pela vasectomia você deve ponderar muito bem sobre o assunto, pois embora existam procedimentos cirúrgicos para a reversão, os seus resultados são inconstantes.

Sinta-se à vontade para retirar suas dúvidas conosco!
2Laparoscopia Urológica
A cirurgia laparoscópica ou vídeolaparoscópica é um procedimento minimamente invasivo realizado através de pequenas incisões ou portais por onde são introduzidos os instrumentos cirúrgicos.

A visualização do interior da cavidade abdominal é feita com um instrumento ótico conectado a um sistema de fibras de luz e uma microcâmera, que permitem aumentar as imagens em até 20 vezes. As imagens captadas são projetadas em um monitor.

É importante frisar que a cirurgia laparoscópica é sempre realizada sob anestesia geral necessitando, portanto, de internação hospitalar e avaliação pré-operatória pertinente a cada procedimento cirúrgico.
O grande benefício dos procedimentos vídeo-laparoscópicos é proporcionar a realização de cirurgias com a mesma eficiência e segurança daquelas feitas de modo convencional (abertas), porém com menor dor e desconforto. Desta maneira, ao evitarmos as grandes incisões, os pacientes têm recuperação mais rápida, ficam menos tempo internados e retornam mais rapidamente ao trabalho e às atividades rotineiras. Além disso, existe um benefício estético, já que as pequenas incisões deixam cicatrizes menores.

As aplicações da cirurgia laparoscópica em urologia são bastante amplas e variadas. Os procedimentos mais realizados são as Nefrectomias radical, total e parcial, Adrenalectomia, Pieloplastia e Prostatectomia radical.

Vários outros procedimentos podem ser realizados por esta via cirúrgica, desde que o caso seja favorável à este método.
3Cálculo Urinário
Cálculos vesicais são pedras compostas por sais de cálcio que se acumulam na bexiga urinária ao longo do tempo. Eles podem variar de tamanho. As pequenas costumam ser eliminadas pela urina e não precisam de tratamento, mas as maiores podem ocupar quase todo o espaço do órgão, afetando as funções de armazenamento e eliminação da urina.

Geralmente, os cálculos vesicais na bexiga se formam em decorrência de dificuldade de esvaziamento do órgão. É mais comum ocorrer em crianças com má-formações congênitas e entre homens com aumento da próstata (hiperplasia prostática benigna – HPB), quadro clínico propício à obstrução do fluxo de urina, o que favorece o acúmulo de materiais que poderão se calcificar.
No entanto, as pedras também podem aparecer em indivíduos sem evidência de problemas anatômicos, infecções ou outras alterações.

As pedras podem se formar em locais que não originalmente a bexiga, como nos rins, e chegar à bexiga pelos ureteres. Assim que diagnosticado, os cálculos devem ser retirados o mais breve possível por meio de cirurgia, pois poderão desencadear outros problemas sérios de saúde, como retenção urinária e até tumores.

Texto do site: https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/pedra-na-bexiga-calculo-vesical/

Localizações

Rua Joaquim Floriano, 101, CJ 308,
Itaim Bibi - São Paulo - SP | CEP: 04534-010
Telefones: 11 4847-2156 | 11 3071-1741

Rua Joaquim Floriano, 466 - CJ 1612,
Itaim Bibi - São Paulo - SP | CEP: 04534-002
Telefones: 11 3853-1733 | 11 3853-1694



Hospitais


 
 

 

Convênios


 


Hospitais



Convênios



Contato


    Contato

      Boa Consulta